Viagra: Como funciona? Como tomar? Faz mal? Tem feminino?

0
Viagra: Como funciona? Como tomar? Faz mal? Tem feminino?

Para os homens, um dos problemas que mais atinge a auto estima e masculinidade é a disfunção erétil. Mais popularmente conhecido como impotência sexual, apesar de parecer um bicho de sete cabeças, pode ser facilmente resolvido em alguns casos com o famoso viagra.

Ainda existe um certo preconceito com o uso do medicamento por ser relacionado com um homem menos másculo. Mas é importante que todos saibam e não se esqueçam que a impotência sexual é mais normal do que se pensa e pode acontecer com muitos homens e por inúmeros motivos, como: tabagismo, bebida alcoólica, uso de drogas, doenças crônicas, obesidade, etc. Mas o viagra pode te auxiliar com tudo isso, desde que haja a vontade (excitação) de ter relações.

Como o Viagra funciona?

O funcionamento do viagra age na parte física do corpo, quando o pênis não consegue alcançar a ereção ou não consegue mantê-lo ereto por muito tempo. Engana-se quem acha que o viagra resolve problemas de falta de líbido e falta de vontade relacionadas ao psicológico. Ele resolve quando existe a vontade, mas o membro não responde ao estímulo.

No corpo, ele age aumentando o fluxo de sangue para o pênis podendo durar até 6 horas. Ao contrário que muitos pensam, o pênis não irá ficar ereto direto por todas essas horas. Mas durante esse tempo, se incitado o membro, ele irá funcionar normalmente.

Como tomar?

O viagra não é um remédio para fazer um tratamento que terá como resultado uma ereção eficaz para o resto da vida. Ele é um medicamento para ser tomado e obter resultados no mesmo dia. Só deve ser tomado se houver o interesse em ter relações sexuais.

  • O indicado é que se tome 1 comprimido de estômago vazio uma hora antes da relação sexual;
  • Para que o medicamento funcione com mais eficácia, não ingira uma ou mais unidades de álcool. Pois o álcool faz com que o remédio aja mais lentamente e pode não oferecer os resultados esperados.

Precisa de receita?

O viagra pode ser comprado em farmácias sem receita médicas sem problemas, apenas não é indicado que você se auto-medique com ele. O recomendado é que você consulte um médico especialista para entender da onde vem o problema de disfunção erétil e se o viagra realmente é a opção mais adequada para o seu problema.

Viagra

O Viagra faz mal?

O viagra pode fazer mal quando causa alguns efeitos colaterais. Nem todos os homens sentem esses efeitos, mas alguns sentem de forma muito severa. Dentre eles, podem acontecer:

  • Dores de cabeça;
  • Dores abdominais;
  • Dores musculares;
  • Dores nas costas.

Caso os efeitos estejam muito fortes, o indicado é suspender o uso e procurar um médico.

Tem contraindicações?

O viagra é contraindicados para homens que tiveram ou têm algum problema cardiovascular. Ele pode ser usado sem problemas por homens de todas as idades, inclusive os mais velhos. Mas como citado, antes de começar a tomar sempre consulte um médico para ter certeza que o uso é indicado para você.

Tem viagra feminino?

Sim! Com o nome de Addyi, o viagra feminino é aprovado pelo FDA, o órgão norte-americano que regula a comercialização de medicamentos e alimentos.

O princípio ativo é o Flibanserina e diferentemente de como funciona nos homens (no físico), nas mulheres ele age na excitação. É indicado para mulheres que perderam o desejo sexual e a líbido. Ao tomá-lo, a vontade de ter relações sexuais é recuperada e consequentemente o aumento da líbido também. Isso acontece porque ele age nos neurotransmissores do cérebro e não nos hormônios sexuais. O medicamento pode ser usado pelas mulheres que estão na menopausa e que por isso perderam o desejo sexual.

Também diferentemente do viagra masculino, ele não tem funcionamento imediato. Para o seu funcionamento, é necessário fazer um tratamento por alguns meses, ingerindo 1 comprimido todos os dias a noite. Os primeiros efeitos podem ser observados após as 3 primeiras semanas, no qual o interesse sexual passa a aumentar.

Apesar de algumas mulheres terem tidos bons resultados, muitos médicos não indicam o remédio. Isso acontece porque em várias mulheres não foi obtido muitos resultados e também pelos efeitos colaterais que provoca, como: tontura, boca seca, hipotonia, desmaio, fraqueza, sensação de fadiga e dificuldade em manter a sua consciência.

Por isso, como nos homens, o mais indicado é sempre se consultar com um médico antes de começar o tratamento. Cada organismo responde de um jeito e só com um especialista é possível saber se o medicamento é o mais indicado para você.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *